CONHEÇA NOSSO BLOG
07Maio
dieta via oral

Como funciona a dieta via oral para pacientes acamados?

A nutrição de enfermos envolve todos os procedimentos que fornecem os nutrientes fundamentais aos pacientes acamados. Sua função é garantir que as necessidades nutricionais sejam supridas, ajudando, assim, na sua recuperação. Entre as vias de alimentação aplicadas em pessoas acamadas, a mais comum é a dieta via oral. Continue lendo este artigo da Saver Home e conheça mais sobre esse método!

Dieta via oral: o que é?

 

A dieta via oral ocorre quando a alimentação do paciente é feita exclusivamente pela boca. Em alguns casos, é necessário que haja outra via de administração para complementar a nutrição. Isso depende das necessidades nutricionais de cada enfermo, de acordo com seu quadro clínico.

Os alimentos que compõem a dieta via oral são preparados segundo as prescrições médicas. O objetivo é fornecer energia, proteínas, gorduras, carboidratos, vitaminas e minerais aos pacientes acamados. Segundo pesquisas, pacientes internados que se alimentam mal possuem riscos maiores de complicações.

Classificação

 

A dieta via oral se divide em duas classificações: consistência e nutrientes. Os critérios para prescrição são impostos pelo médico, de acordo com as necessidades do paciente.

Consistência

A classificação de consistência caracteriza-se pela alteração de textura dos alimentos. Há uma variedade de possibilidades de consistência, como geral, branda, pastosa, líquida etc. Esses aspectos são considerados estágios. Geralmente, o paciente começa com uma dieta líquida de prova e evolui até chegar em uma dieta normal. Porém, não é obrigatório que o indivíduo passe por todas as “etapas”. Isso depende do seu grau de recuperação.

Nutrientes

Em relação à classificação de nutrientes, a dieta via oral é categorizada como isenta, hipo, normo ou hiper. A dieta isenta tem como objetivo ausentar determinado nutriente da dieta, por exemplo, dieta isenta de gorduras. A hipo apresenta redução de nutrientes, como hipoproteica e hipocalórica. A normo representa a dieta padrão, sem alteração de nenhum nutriente ou caloria. Já a dieta hiper induz ao aumento de algum determinado nutriente ou de calorias, como a dieta hipercalórica.

Cuidados

 

O enfermeiro que irá administrar a dieta via oral em pacientes acamados deve tomar alguns cuidados. Primeiramente, o profissional deve fazer uma antissepsia das mãos. A higienização deve ser feita com água e sabão ou álcool 70%. Depois, deve orientar o paciente quanto à alimentação que ele irá receber.

É importante conferir o nome completo do paciente e informações da dieta com a prescrição médica. O enfermo deve estar em decúbito elevado, sempre que a situação clínica permitir. A mesa de apoio deve ser posicionada à frente do paciente e seu tórax deve ser protegido com uma toalha.

É necessário sempre verificar se o paciente não está em jejum ou em preparo específico para exames. A ingestão dos alimentos deve ser incentivada. Em pequenas porções, sem pressa, é possível garantir uma nutrição completa. Após a refeição, o enfermo deve ingerir água ou suco.

Home care

A dieta via oral pode ser administrada tanto em ambientes hospitalares quanto em situações de internação hospitalar. Os procedimentos corretos devem ser feitos por um profissional expert em enfermagem domiciliar para garantir uma alimentação saudável.

A Saver Home é uma agência de cuidador de idosos no RJ que oferece todos os serviços de home care e outros serviços domiciliares. Nosso objetivo é dar assistência completa às pessoas acamadas e doentes. Aqui, nós cuidamos de você! Entre em contato conosco para saber como poderemos lhe ajudar.

Compartilhe: