CONHEÇA NOSSO BLOG
25Nov
Principais doenças crônicas

Principais tipos de doenças crônicas e como tratá-las

Doenças crônicas são aquelas, segundo a Organização Mundial da Saúde, que possuem longa e progressiva duração. Outros órgãos também radicalizam o termo e definem como uma condição que não são curáveis. A pessoa já pode nascer ou desenvolvê-las nos primeiros meses ou, então, pode aparecer de forma lenta com outras complicações. Neste artigo, entenda melhor sobre o assunto, bem como quais são as principais doenças crônicas e se há uma melhor forma de tratá-las. Atente-se!

O que são doenças crônicas?

Paciente de doenças crônicas sendo tratado

Ainda segundo a OMS, dentre os óbitos ocorridos no Brasil, cerca de 74% são provenientes de doenças crônicas não transmissíveis. Enquanto no mundo, o dado aproxima-se à marca de 63%. Basicamente, são doenças que progridem de forma lenta ou longa, podendo, inclusive, acompanhar a pessoa durante toda a vida. Também podem apresentar sintomas, como o completo oposto. A seguir, confira os principais tipos de doenças crônicas.

Principais tipos

  • Doenças cardiovasculares;
  • Asma, rinite, bronquite, enfisema pulmonar;
  • diabetes, hipertensão, insuficiência cardíaca;
  • distúrbios ligados ao álcool e drogas, depressão, etc;
  • Alzheimer e Parkinson;
  • AIDS/HIV, tuberculose, doença de chagas, hepatite B/C.

São transmissíveis?

Parte das doenças crônicas são, sim, transmissíveis. A explicação para isso está no processo parasitário ou infeccioso que pode ocorrer. Dentre as mais comuns, destacam-se a AIDS/HIV, Hepatite B/C, tuberculose e doença de chagas. Para a transmissão é necessário contato com o agente contagiante. As outras doenças crônicas não transmissíveis podem ocorrer em decorrência de alimentação ruim, consumo de álcool, sedentarismo, obesidade, entre outros.

Como se prevenir?

Uma das formas de prevenir o desenvolvimento de doenças crônicas é mudando os hábitos. Optar por um estilo de vida saudável, desde a alimentação chegando às atividades físicas, é importante. Consuma mais vegetais, cereais e frutas, reduza alimentos industrializados e bebidas alcoólicas e elimine o fumo. Além disso, dê prioridade para mais atividades físicas no dia a dia e lembre-se de sempre se prevenir no momento das relações sexuais.

Visita médica domiciliar: como pode ajudar?

A visita médica domiciliar é ideal para pacientes impossibilitados de se locomoverem até um hospital ou clínica. O profissional devidamente experiente e capacitado pode oferecer um atendimento extra hospitalar para pacientes com doenças crônicas ou terminais. Para isso, conte agora mesmo com a Saver Home! Solicite o orçamento do serviço!

Em nosso blog, leia outros artigos exclusivos como: segurança do idoso, exercícios para memória, diversão na terceira idade, aplicativos para idosos e muito mais!

Compartilhe: